Amelia Costa

5 Posts Back Home

Pilates e a Fisioterapia

O método de Pilates nasceu em meados do século XX, pela “mão“ do alemão Joseph Hubertus Pilates.  Inicialmente designado por Contrologia, era constituído por exercícios de baixo impacto, passível de ser usado por qualquer pessoa sendo descrito como um conjunto de exercícios projetados para a “correção de posturas erradas, para restaurar a vitalidade física e revigorar a mente e o espírito” (Pilates and Miller, 1998). O foco no padrão respiratório, a concentração na execução dos exercícios, o alinhamento corporal, a atenção nos músculos abdominais, a fluidez do movimento, a precisão e o controlo sobre os movimentos efetuados constituíam os principais elementos chave deste Pilates Tradicional. Ao longo dos anos o Pilates foi evoluindo para se tornar, atualmente, numa valiosa ferramenta de trabalho para profissionais de diferentes áreas da saúde e do desporto. Nas mãos da Fisioterapia assume a denominação de Pilates Clínico, definido como “um método corpo-mente cujo objetivo é…

Incontinência Urinária

A Internacional Continence Society (ICS) definiu Incontinência Urinária (IU) como qualquer perda involuntária de urina. Em Portugal, 1 em cada 5 portugueses com mais de 40 anos sofre desta patologia, correspondendo a 20% da população. As mulheres são o grupo mais afetado. A IU pode ser classificada como IU de Esforço (IUE) , de Urgência (IUU) ou Mista. A primeira é a forma mais comum de incontinência e caracteriza-se por pequenas perdas de urina em situações de esforço como por exemplo, saltar à corda, correr, rir , tossir, espirrar ou levantar pesos. (Luber et al, 2004) A IU por Urgência ou Imperiosidade , resulta de uma contração da bexiga, espontânea ou provocada, acompanhada de uma vontade súbita e intensa de ir à casa de banho. Este tipo de incontinência parece ter relação com o processo de envelhecimento, mas também surge em idades mais jovens, associada por exemplo, a doenças neurológicas.…

Ser Fisioterapeuta em Casa

No dia 9 de Março iniciava mais uma semana de trabalho, atarefada como sempre, longe de imaginar que chegaria ao fim dessa mesma semana a suspender toda a minha agenda. Aulas de Pilates, Consultas de Saúde da Mulher, Domicílios. Tudo cancelado por tempo INDETERMINADO! Mais do que uma difícil decisão, foi uma certeza que foi crescendo ao longo dos dias. Não havia outra alternativa. Em “modo piloto automático”, fui informando os meus utentes e alunos e do outro lado ouvi , quase sempre, uma palavra de compreensão e de conforto. Era a decisão acertada a tomar. Ok, agenda cancelada e agora? Trabalho cerca de 10h por dia (estou a ser simpática) 6 dias por semana e do nada vou estar em casa TODO O DIA, TODA A SEMANA. Já não me recordava de passar tanto tempo em casa, desde os meus tempos de infância. Pensei para mim : “porreiro, vou…

A Saúde da Mulher no Dia da Mulher

A Organização Mundial de Saúde define Saúde da Mulher como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não meramente a ausência de doença”. As áreas de intervenção em Saúde da Mulher sempre foram as que mais me apaixonaram em Fisioterapia. Em contexto profissional e também social, todos os dias me cruzo com várias mulheres. Mulheres de diferentes idades, diferentes religiões, pensamentos e vidas diferentes. Com todas, aprendo SEMPRE alguma coisa NOVA. O papel do Fisioterapeuta especialista em Saúde da Mulher é muito vasto e diversificado. Integrado em equipas multidisciplinares, assume destaque na Educação, Prevenção e Tratamento de condições que não sendo exclusivas da mulher, a afectam de forma particular em momentos marcantes das suas vidas como a adolescência, a gravidez, o pós-parto e a menopausa. Apesar do aumento crescente de informações sobre as opções terapêuticas disponíveis para ajudar a melhorar a qualidade de vida da mulher, muitas…

Para um Pavimento Pélvico Saudável

São cada vez mais os estudos que demonstram a importância de parar para respirar, abrandar o ritmo diário de stress e ansiedade e dos seus benefícios para a nossa saúde física e mental. Também o nosso pavimento pélvico (PP) é influenciado pelo dia-a-dia, sofrendo com a agitação diária presente no nosso quotidiano. O PP assume um papel de destaque na ligação do tronco superior com os membros inferiores sendo importante para as transferências de carga e para o equilíbrio. Maioritariamente constituído por tecido muscular, tem a capacidade de contrair e de relaxar e, tal como outros grupos musculares, necessita de cuidados para manter a sua funcionalidade otimizada. A procura da ajuda de um Fisioterapeuta para o alívio de dor pélvica ou sintomas como perda de urina/fezes, obstipação, prolapsos ou dor durante a relação sexual é ainda escassa. No entanto a Fisioterapia, integrada numa equipa multidisciplinar, dispõe de ferramentas terapêuticas para…

Navigate